domingo, 30 de outubro de 2016

Boletim de Notícias N° 7

Notícias de 24 de Outubro a 30 de Outubro 

 

Board Game

  • Pensamento Coletivo anuncia lançamento de Rise to Power ainda sem data definida.
  • Galápagos Jogos confirma lançamento de Star Wars: Destiny para dezembro. Teremos demonstrações e amostras do jogo na Comic Con Experience (Lançamento também previsto para ser na Comic Con, porém não é confirmado).
  • Fire on Board confirma que vai trazer Scythe e já inicia pré venda no dia 02/11. Tiragem terá apenas 80 unidades da edição de colecionador, além da versão básica.

RPG

  • Lampião Game Studio divulga seu próximo produto, Travessias, um RPG criado coletivamente que prevê rodízio de mestres entre as sessões e criação conjunta do enredo da crônica. Será disponibilizado gratuitamente.
  • Jambô Editora apresenta a capa da primeira edição da volta da Dragão Brasil.
Editores: Cláudio Torcato e Gabriel Bragança

domingo, 23 de outubro de 2016

Boletim de Notícias Nº 6

Notícias de 17 a 23 de Outubro de 2016

Board Game

  • Anunciado Dirigíveis Vigaristas (Dastardly Dirigibles - nome original), primeiro jogo da nova editora É Jogo
  • Editora RetroPunk anuncia o card game/party game Fat Food
  • Conclave Editora anunciou Jórvik para esse ano ainda, repõe estoque do jogo Mexica e inicia pré venda de 4 Gods
  • Galápagos surpreende e lança Mysterium e Loony Quest sem pré-venda para dia 23/10
  • Entre os dias 2 e 6 de Novembro, a Fantasy Flight Games organizará os Campeonatos Mundiais de seus jogos competitivos, tais como: A Game of Thrones: The Card Game, Android: Netrunner, Star Wars: Armada, Star Wars: Imperial Assault, Star Wars: The Card Game, Warhammer 40k: Conquest e X-Wing.

RPG

Editores: Cláudio Torcato e Gabriel Bragança



sábado, 22 de outubro de 2016

Projeto One Shots - Cláudio mestra Blood & Honor

Nessa tarde de sábado, conseguimos sentar numa mesa para jogar uma partida de Blood & Honor. Eu diria que foi o jogo mais difícil para marcar uma mesa. Desde o início do ano, tentamos combinar um dia para jogar e não conseguíamos. E, quando acreditava que hoje não daria certo novamente, eis que tudo ocorreu bem.

Blood & Honor é um jogo do conhecido designer estado-unidense John Wick, dos também conhecidos Lenda dos Cinco Anéis & 7th Sea. O jogo é ambientado do Japão Antigo sobre tragédia samurai. Em termos de sistema, é um jogo baseado no Houses of the Blooded do próprio autor, cujas mecânicas foram criadas para os jogadores tomarem o poder narrativo para si. Não exige preparação prévia (pelo menos não na primeira sessão) por parte do Narrador, ficando a cargo do mesmo apenas a moderação do jogo e a interpretação de personagens coadjuvantes.

Os jogadores foram Emanuel, Márcio e Viny. Já participei de mesas com todos eles, mas não conhecia o Viny pessoalmente, pois quando jogamos, foi via Hangouts (uma aventura de Dungeon World não concluída relatada pela primeira vez aqui).  O jogo requer que, coletivamente, seja criado o clã pelo qual os samurais dos jogadores são membros.

Para o nome do clã, cada jogador disse uma palavra que lhe veio a mente. Saiu arroz, cavalo e barulho (som). Alguém sugeriu que as palavras juntas significaria o som de cavalos correndo num campo de arroz. Risadas. Fomos atrás das palavras japonesas correspondentes e finalmente o nome do clã surgiu: Otoumamochi.

Escolheram um Daimyo Audacioso cuja vantagem mecânica que ele fornece é dar dois dados de bônus em Riscos fatais. Os Aspectos foram "Nenhum de Nós ... ", "Cave duas Covas", "Prego e Martelo" e "Uma Palavra Pode Aquecer o Inverno", significando respectivamente bônus por atuar em equipe, para questões de vingança, costumes e discursos em público.

Os Estabelecimentos escolhidos foram uma Caserna, uma Casa de Gueishas e Estábulos. O meibutsu (o melhor produto da província) é o kizami (fumo). Três foram os fatos sobre a Província que cada jogador informou:

  • Pessoas estão perdendo o cabelo devido à alguma doença (Viny)
  • Uma província vizinha converteu-se ao Cristianismo Católico (Manel)
  • Os nobres casam somente com mulheres de outras províncias (Márcio)

 É legal citar que o Viny desenhou a heráldica do clã: um cavalo correndo sobre um arrozal.

Depois foi a vez dos jogadores criarem os seus samurais. Márcio decidiu ser o Karo (uma espécie de castelão ou intendente), Manel o Hatamoto (general) e o Viny, o Takumi (que seria o cortesão) do clã.

A Sessão


Depois que as fichas foram preenchidas, era a vez de começar a sessão realmente. Eu considerei as escolhas feitas pelos jogadores, pois elas sinalizam o que eles querem ver na história. Considerei então utilizar a presença dos jesuítas nas redondezas. Isso também foi influência do romance Shogun de James Clavell. Descrevi a cena inicial. Todos os oficiais estavam num amplo salão, recebendo uma comitiva composta por samurais e jesuítas de uma província vizinha. O Karo estava representando o daimyo pois este não se diminuiria atendendo pessoalmente samurais de hierarquia inferior.

Dado o pontapé inicial, os jogadores tomaram conta da história. Apenas uma vez eu conquistei o poder narrativo sobre um jogador para ditar os meus fatos sobre uma situação. Os jesuítas, representado pelo frei Rikaro, queriam a permissão para entrarem na província para divulgarem a fé cristã, bem como estreitar laços comerciais. O personagem do Márcio descartou a possibilidade de negociar imediatamente o comércio do meibutsu do clã mas concordou na presença deles contanto que pagassem uma taxa.

O general, personagem do Manel, percebeu que na comitiva havia um samurai de uma terceira província. Após o pedido dos jesuítas e a resposta positiva, eles estavam por sair, quando o Rojin (Manel) interpela rapidamente Buraindo (Márcio), para que a comitiva seja instalada numa casa vizinha da Casa das Geishas e da Caserna para melhor serem vigiados. Por sua vez, o Ika (Viny) notou que a intérprete do grupo demonstrava apreensão e o samurai da terceira província era alguém que ele  conhecia do seu passado.

Os oficiais ficaram sozinhos na sala para debater o encontro. A conclusão a que chegaram foi que deveriam aproveitar a presença do grupo para criar um embaraço diplomático que levasse a uma Guerra.

Por meio de Riscos, eles descobriram que o oficial que lidera a comitiva gosta de homens. O plano que executariam usaria o samurai como alvo da operação. Eles aproveitariam o Festival da Raposa para persuadir toda a comitiva a ir à Casa de Geishas, colocando-os numa armadilha. A ideia foi executada com perfeição.  Realmente todos foram e a cena foi armada para ferir gravemente a reputação do oficial estrangeiro.

Já na Casa, o general entregou presentes para os membros da comitiva: uma caixa ornamentada contendo um cachimbo e alguns rolos do fumo local. Desenhados na madeiraa da caixa, o animal-símbolo do clã inimigo sendo devorado. A provocação sutil afetou o humor dos samurais. O clima ficou pesado por algum tempo.

Em algum momento da noite, o gongo bate e várias geishas, as mais refinadas, entram no recinto para cativar os samurais estrangeiros, principalmente o líder deles, Takeda Honatsu. À exceção da intérprete e dos jesuítas, os demais homens foram levados para lugares mais reservados. Por fim, quando a geisha posiciona o oficial para uma situação comprometedora, um bêbado esbarra nas paredess frágeis e derruba várias delas, expondo o oficial para vários clientes e geishas. Furioso, o oficial parte para cima do samurai bêbado com sua espada e desfere um golpe mortal. O hatamoto chega no local e confronta o estrangeiro. Fora de si, ele ataca Rojin que o bloqueia muito bem e contra-ataca com um golpe que o mata instantaneamente. O conflito se espalha pelo ambiente e todos os samurais da província inimiga são derrotados e mortos.

A sessão vai chegando ao fim, com os jesuítas praticamente virando reféns e ajudando o clã dos jogadores em sua invasão à sede da província cristã.

Considerações sobre o Jogo

Tanto eu quanto os demais ficamos satisfeitos com a sessão. Ponto positivo para as  rolagens de dados. Mesmo rolando vários dados, era fácil descobrir o resultado da rolagem. Também percebi que os jogadores gostavam de buscar na ficha formas de aumentar a quantidade de dados a serem rolados e apostados. Além do mais, eles procuravam fazer apostas para adicionarem mais detalhes à história.

Os jogadores, sem exceção, participaram da construção da história. Cada um teve o seu momento de brilho. Eles criaram uma narrativa divertida e souberam fazer isso em poucas horas de jogo.

O sistema foi feito para ser jogado em várias sessões. Então, dá um gosto de quero mais, quando percebemos que várias mecânicas e subsistemas foram deixados de lado, assim como a saga do clã.

Por fim, cheguei à conclusão que o sistema foi feito para sublimar o Narrador em termos de controle narrativo. O Márcio comentou que eu não participei muito e o jogo, com algumas modificações, poderia funcionar sem a figura do Narrador. Nesse ponto, eu lembrei de um RPG sem mestre que vi recentente: Desafiantes. Ele não tem mestre e todos se revezam na interpretação de um personagem coadjuvante. De todo modo, acho a função do Narrador importante nesse jogo. Alguém precisa criar os clãs rivais (ainda que com muitos jogadores, estes possam se dividir em clãs para se rivalizarem).

O ano aproxima-se de seu final e haverão poucas oportunidades de conhecer na prática novos sistemas. É provável que Mutant: Ano Zero seja a próxima novidade que eu jogarei. Então, até lá!

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Boletim de Notícias Nº 5

Notícias de 10 a 16 de Outubro de 2016

Board Game

  • Anunciada pré-venda de SeaFall para dia 17/10
  • Boato se confirma e a Kronos Games vai trazer Tyrants of the Underdark (universo Dungeons and Dragons) em português 
  • Galápagos anuncia que pré-venda de Mysterium está próxima 
  • Conclave Editora aumenta rumor sobre lançamentos de Tikal e Amun-re

RPG


Editores: Cláudio Torcato e Gabriel Bragança


segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Boletim Semanal de Notícias Nº 4

Notícias de 3 a 9 de Outubro

Board Game

  • Inscrições abertas para a 3ª etapa da THE X-Wing, a liga teresinense de X-Wing
  • Confirmado lançamento no Brasil de Heroes of Normandie pela New Order Editora. Lançamento ainda indefinido 
  • Conclave anuncia 4 Gods
  • MS Jogos anuncia para o dia 9 de Novembro a pronta-entrega de Aquarium, o primeiro relançamento do jogo
  • Galápagos anuncia lançamento de Potion Explosion e reposição de estoque de Blood Rage para dia 10 de outubro

RPG

Card Game


Editores: Cláudio Torcato e Gabriel Bragança

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

7 Wonders Duel - um jogo de duas cidades

Duas cidades vizinhas, competindo diretamente para conseguir hegemonia militar ou científica, enquanto tentam construir 7 Maravilhas e prosperar arquitetonicamente com construções civis. Tudo em 30 minutos.
Em 7 Wonders, jogo anterior, a escolha simultânea de cartas faz com que o jogador preste atenção em poucos adversários, mesmo com a mesa cheia (até 7 jogadores), o confronto indireto fica por conta da seleção de cartas em sua mão, evitando passar ao vizinho algo que lhe seja bastante favorável, além dos confrontos militares no fim de cada era. O jogo funciona bem, exceto para dois jogadores.
7 Wonders Duel, exclusivamente para dois jogadores, propõe uma partida rápida, dinâmica, com combate direto, tornando as escolhas ainda mais difíceis do que em seu antecessor, além de suprimir a cidade livre controlada pelos dois jogadores, que não funcionava bem.
A seleção simultânea de cartas é substituída por uma “árvore”, com as cartas predispostas de modo a que apenas algumas estejam acessíveis. A cada vez que uma é escolhida, outras, possivelmente, são disponibilizadas ao adversário, algumas já reveladas, outras ocultas. Desta forma, aumenta o espectro de opção ao adversário, sendo imprescindível verificar quais as consequências de sua escolha. Neste aspecto, a essência do jogo anterior está mantida.

As cartas de ciência em seu antecessor poderiam levar a uma vitória esmagadora, ou a uma derrota substancial. Contabilizadas por repetição de símbolos e por conjunto de símbolos diferentes, era uma estratégia arriscada. Em 7 Wonders Duel elas foram modificadas, é possível conquistar algumas benesses durante o jogo, podendo levar inclusive a uma vitória por hegemonia científica.
A vitória por hegemonia é imediata. Este é um aspecto bastante positivo do jogo. A hegemonia ocorre por força militar ou por ciência. Em virtude disto, o confronto se torna dinâmico e direto, a derrota imediata é real e possível. Vencer por hegemonia científica acontece quando existe na cidade construções com seis símbolos diferentes (arquitetura, direito, farmácia, geografia, entre outros). Além disso, havendo repetição de símbolos há uma bonificação para a cidade, um marcador de progresso com algum efeito, ou pontuação, que poderá contribuir para a supremacia, ou mesmo melhorar aspectos econômicos e de construção.
A submissão militar da cidade adversária ocorre pela contagem da força militar. Há uma trilha com um marcador que caminhará em direção à cidade do adversário, subjugando-o. A cada marco preestabelecido, haverá consequências para a cidade mais fraca, enquanto esta perde moedas, a cidade mais forte ganha pontos. Se a força militar for suficiente para chegar ao final da trilha de força a vitória será imediata. Em 7 Wonders Duel o conflito militar se torna significativo, e não apenas um atributo a ser observado.
A construção das Maravilhas, agora 7, mantém a semelhante bonificação anterior, produzindo efeitos e permitindo que seja realizada mais uma jogada. Nesta versão, cada jogador escolhe quatro maravilhas, entretanto apenas 7 serão construídas, uma ficará indisponível. Este é outro aspecto dinâmico, há uma corrida pela construção das Maravilhas, o que pode trazer consequências e ser significativo para vitória. Construídas com apenas um estágio, ao contrário dos 3 estágios na versão anterior, é possível concatenar os efeitos das Maravilhas, produzindo eventos em cadeia e ampliando as vantagens em relação ao adversário.
A utilização de recursos, seja pela produção direta, seja pela aquisição através do mercado, também ganhou mudanças. Enquanto antes era imprescindível a produção direta, através das cartas marrons e cinzas, agora é importante a redução dos custos de aquisição pelo comércio. Acontece que o valor dos insumos é variável, modificando conforme a produção da cidade adversa. Quanto mais o recurso necessário for existente na cidade vizinha, mais caro ele se torna.
O setup do jogo não é demorado. A disposição das cartas na estrutura preestabelecida deixa a impressão de que será custoso, entretanto é rápido e intuitivo, não penalizando a duração do jogo. Embora seja estimado para acabar em trinta minutos, é difícil jogar apenas uma partida.
7 Wonders Duel torna o confronto direto em todos os sentidos. Cada atributo da cidade deve ser observado, mantendo-se atenção para a possibilidade de vitória imediata seja pela supremacia militar ou pela hegemonia científica. Não há caminho fixo para a vitória e todos os aspectos são relevantes, o que faz com que seja um excelente jogo para duas pessoas.

terça-feira, 4 de outubro de 2016

LIGA THE X-WING ETAPA III

LIGA THE X-WING TMG ETAPA III


ESTÁ ABERTA A TERCEIRA ETAPA DA LIGA THE XWING 2016



GRUPOS:


SKULL SQUADRON

01 David Resende [CLASSIFICADO 2°] "Black Sun Rising..."
#Black Sun Soldier - Z95 Headhunter (13 pts).
#Black Sun Soldier - Z95 Headhunter (13 pts).
#Guri - Starviper 
+ Lone Wolf + Autothrusters (34pts).
#
Prince Xizor - Starviper + Autothrusters + Virago + Hot Shot Blaster + Accuracy Corrector (40pts)

Total da Lista: 100 pontos
Pontuação:03V/01D. 03pts. 
MdV: 111

02 Igor Carmo. "Esquadrão Mimimi, parte 2..."
#Gamma Squadron Veteran - Tie Bomber + Deadeye + Extra Munitions + Homing Missiles + Proximity Mines + Long-Range Scanners (30pts).
#The Inquisitor - Tie Adv. Ptototype 
+ Push the Limit + Proton Rockets + Autothrusters + TIE/v1 (34pts).
#Countess Ryad - Tie Defender 
+ Push the Limit + Twin Ion Engine Mk. II + TIE/x7 (36pts).

Total da Lista: 100 pontos
Pontuação: 03D
MdV: -25 

03 Ícaro "Ursão" Igreja. "Stop! In the name of love! Before..."
#Arvel Crynyd  - A-Wing + Proton Rockets + Munitions Failsafe + A-Wing Test Pilot + Intimidation (29pts).
#Wedge Antilles - X-Wing 
+ Predator + Ion Torpedoes + R2-D2 + Guidance Chips + Integrated Astromech (41pts).
#
Garven Dreis - X-Wing + Flechette Torpedoes + R2-D6 + Integrated Astromech + Veteran Instincts (30pts).

Total da Lista: 100 pontos
Pontuação: 02D. 00pts 
MdV: -11


04 Bruno "Pantho" Fernando. "Baygon..."
#The Inquisitor - Tie Adv. Ptototype + Push the Limit + Proton Rockets + Autothrusters + TIE/v1 (34pts).
#Academy Pilot - Tie Fighter (12pts
).
#Academy Pilot - Tie Fighter (12pts)
#Howlrunner - Tie Fighter
 + Swarm Tactics (20pts).
#Scimitar Squadron Pilot - Tie Bomber 
+ Extra Munitions + Proton Torpedoes + Guidance Chips (22pts).

Total da Lista: 100 pontos
Pontuação: 2D/1V.  01pt.
MdV: 31 


05 Thyago [CLASSIFICADO 1°]. "Coronel susurrando atrás do tenente..."
#Whisper - Tie Phantom + Veteran Instincts + Fire-Control System + Intelligence Agent + Advanced Cloaking Device (40pts).
#Lieutenant Colzet - Tie Advanced + TIE/x1 + Fire-Control System (23pts).
#Colonel Vessery - Tie Defender + Veteran Instincts + Tractor Beam + TIE/D (37pts)
Total da Lista: 100 pontos
Pontuação: 04V. 04pts.
MdV: 384

Partidas:

1ª Batalha (25/10/2016): David vs Bruno P. 
          Batalha realizada na Arcádia. Ícaro e após o Thyago como juízes. O combate começou com Bruno pelo centro à esquerda com os ties fighters e a bomber e com o Inquisitor mais afastado. David começou também pelo seu centro à esquerda com a Guri afastada também. A aproximação foi rápida e as naves se engalfinharam no centro com Guri e Inquisitor praticamente duelando um contra o outro. Esse primeiro embate, após duas rodadas de combate, acabou com a Howlrunner morrendo, a tie bomber  danificada e Guri com um de casco e Inquisitor sem escudos. No próximo enfrentamento, as starvipers fecharam o Inquisitor ao passo que as z95s despacharam a tie bomber, sendo destruídas em seguida. Então a partida acabou por tempo. Inquisitor fugiu com um de casco, clamando por vingança. E as Starvipers sobreviveram. Xizor e Guri comemorarão essa noite. Botaram o império pra correr. 
Final: David 42-26.  

2ª Batalha (25/10/2016): Bruno P. vs Thyago.
         Desafio novamente na Arcádia. O amor e a consciência como juízes. No setup, Thyago colocou Colzet e Vessery pelo meio e Whisper num canto. Bruno colocou suas naves no centro para o lado oposto à Whisper. E o Inquisitor perto do enxame. Swarm foi na direção do Vessery e o Inquisitor na direção da Whisper. os primeiros encontros resultaram em Vessery com 01 de casco. Bomber e Howl levaram danos sérios. Após, Whisper driblou o Inquisitor e foi atrás da Howl, finalizando-a. Vessery fugiu e finalizou a bomber, em sequência. Whisper voltou e destruiu o Inquisitor. Vessery finalmente explodiu.Sobraram Whisper com um escudo e Colzet completo contra dois ties fighters intactos. Um tiro dos ties perfurou a camuflagem da Whisper e causou o crítico da explosão pesada, que, felizmente para o Thyago, não resultou no dano fatal. Depois desse susto, os ties foram destroçados e seus restos congelados flutuam eternamente no vácuo. A disputa pelo poder imperial culminou na vitória da elite imperial.
Final: Thyago 100-37.

3ª Batalha (04/11/2016): David vs Thyago
          Partida realizada no Berçário, numa tarde de míseros 44°. Lucas como juiz. Uma partida rápida onde o Thyago foi muito agressivo e teve um excelente resultado nos dados e movimentação. o Setup foi feito em lados opostos, pela esquerda de cada jogador. na primeira passagem de combate, Vessery meteu um tractor jogando a Guri nas pedras e com as outras duas naves atacando-a, foi abatida sem causar danos. Daí foi ladeira abaixo. Com muito custo Colzet foi destruído, mas ficou nisso.
Final Thyago 100-23.

4ª Batalha (07/11/2016): Thyago vs Igor
          Disputa aconteceu no Berçário. Bruno P de juiz. Começaram o deply já com a faca nos dentes, mas um cálculo errado do igor colocou a Bomber de frente pra um asteroide e ao invés de TL ela teve que fazer um barrel. Na rodada seguinte Thyago aproveitou a brecha e foi pra cima com tudo na Bomber, que foi destruída sem nem atacar. Aí o Thyago só administrou oferecendo o Colzet e destruindo o restante das naves do adversário.
Final Thyago 100-23

5ª Batalha (07/11/2016): David vs Igor
         Uma das batalhas mais legais que já presenciei. Realizada no Berçário e eu, Lucas como juiz. Davi fez o deploy pelo meio com Xizor e as Zs e Guri um pouco afastada na sua esquerda. Igor foi com inquisitor e Ryada pelo centro e Bomber à sua direita, apontada para a guri. Movimentações bem agressivas da parte do Igor que foi pra cime e mais cuidadosa para o David, que se aproximou com cuidado mirando a Ryad. A primeira troca de disparos danificou uma Z e a Bomber. Na segunda rodada de combate, Inquisitor se aproximou mais e ficou atrás sem tokens do Xizor, Ryad de frente pras Zs e Guri e Bomber perto uma da outra no range 1. Xizor soltou seu Hotshot, dois hits e crit no Inquisitor, que rolou blank, blank e foco, ativando autot e perdendo dois escudos no processo. Uma Z ficou bem danificada. e a bomber também. Em seguida inquisitor aproximou-se de uma Z95 e a despachou com prockets. Ryad cuidou da outra Z, que resistiu bravamente, pois Igor teve que atacar com suas naves restantes nela. Mas a bomber explodiu no processo. Na rodada final, com o tempo estourando David fez um fechado maroto e barrel, bloqueando o Inquisitor. Ryad na um contra o Xizor e Guri na um de Ryad. Inquisitor meteu algum dano no Xizor mas foi destruído solenemente no retorno. Ryad então atacou Xizor que levou hit, hit e crit, diretec hit ou explosion o mataria, mas saiu outra carta. As Starvipers honraram o nome de Black Sun e voaram seguras de sua vitória deixando uma Ryad desamparada para trás.
Final David 64-26

6ª Batalha (11/11/2016): David vs Ícaro
         Conflito no setor galático LGII - Diário do Capitão Garven Deis. 
Fracasso. Esse é o sentimento geral.

O Coronel Wedge tenta manter a nossa moral, mas nesse momento somos três pessoas cujas personalidades não se encaixam.
Wedge, o respeitado veterano, que no fundo sente que ele deveria estar liderando este esquadrão.
Arvel, o novato que quer se provar, mas é tão impetuoso que nos coloca em grandes enrascadas.
E eu, o capitão que não consegue conter o ânimo de um novato, e tem medo de ser ofuscado pelo veterano.
Fracassamos.
Depois de nos reorganizarmos na pequena lua abaixo do conflito, decidi que era hora de voltarmos para o combate. Arvel achou que já não era sem tempo, Wedge achava que deveríamos esperar mais, nossa última batalha foi exaustiva. Eu achei que era a hora.
Decolamos, e, como eu esperava, estávamos diretamente dentro do conflito.
E como Wedge temia, estávamos em desvantagem.

Foi tudo muito rápido e brutal. Assim que o bólido rubro e negro de Wedge resplandeceu no meio do conflito, as três naves imperiais o atacaram, e não conseguimos identificar o módulo de evacuação dele.
Minha nave caiu igualmente rápido, consegui ejetar a tempo, e fiquei a deriva. Estaria morto se não fosse Arvel.
Sim, o novato me salvou, e agora estou aqui, machucado, mas mais destruído em minha vontade do que em meu corpo.
E ainda temos que encontrar o coronel Wedge. Não vai ser sob meu comando que ele vai morrer.         

Final David 100-66

7ª Batalha (11/11/2016): Ícaro vs Thyago

          Confronto decisivo realizado na Arcádia. O juiz foi o carinho e amor. Algumas vezes somos lembrados que esse jogo possui dados. E da maneira mais dolorosa possível. na primeira passagem de combate, Wedge não esquivou nenhum dos quatro dados da Whisper. Vessery atacou em seguida com Tractor, e Wedge novamente zerou a defesa. O tractor o jogou no asteróide. Saiu crit. Direct hit. Nem o integrated salva. A partir desse momento, tudo ficou pesado pro Ícaro e, bravamente, ainda conseguiu levar Colzet antes de ser obliterado.
Final Thyago 100-23


8ª Batalha (12/11/2016): Bruno P vs Igor

         Um confronto cauteloso. Realizado no Apê do pai do ano de 2017. Fizeram o deploy em lados opostos e se aproximaram muito cuidadosamente até iniciarem o combate. As naves começaram a disparar no meio-esquerdo do lado do Igor. Após umas trocas francas de lasers, um academy e as duas bombers caíram. O confronto continuou nessa lado da área de jogo e após mais algumas rodadas terminou com a Howlrunner caindo do lado do Bruno e do lado do Igor, sobreviveu só a Ryad. Destaque para uma belíssima jogada de defesa do Igor. Academy atacando o Inquisitor no alcance 3 através de um asteroide. Academy rolou dois hits. Inq sem focus, rolou seis dados. Seis focus. Igor, queime seus dados verdes!!!
Final Bruno P 64-54

BLACK SQUADRON

06 Lucas Dourado [CLASSIFICADO 2°] "Amados amantes..."

#Boba Fett - Firespray + Adaptability + Engine Upgrade + Slave One (43pts).
#Dengar - Jumpmaster 5k + Push the Limit + K4 Security Droid + Unhinged Astromech + Engine Upgrade + Punishing One (56pts). 


Total da Lista: 99 pontos.

Pontuação: 03V/01D. 03pts. 
MdV: 243


07 Hugo Quintas [CLASSIFICADO 1°] "Palpatcholes e seus Defensores..."
#Omicron Group Pilot - Lambda Shuttle + Emperor Palpatcholes (29pts).
#
Countess Ryad - Tie Defender + Push the Limit + TIE/x7 (35pts).
#Colonel Vessery - Tie Defender + Tractor Beam + TIE/D (36pts)

Total da Lista: 100 pontos
Pontuação: 04V. 04pts. 
MdV: 300,5.


08 Anne Beatriz. "Fantasma entre mosquitos..."
#Jake Farrell - A-Wing + Push the Limit + Chardaan Refit + Autothrusters + A-Wing Test Pilot + Veteran Instincts (28pts).
#Lothal Rebel - VCX-100 + Fire-Control System + Autoblaster Turret + Tactician + Hera Syndulla (42pts)
#Tycho Celchu - A-Wing + Push the Limit + Chardaan Refit + Autothrusters + A-Wing Test Pilot + Rage (30pts)
Total da Lista: 100 pontos
Pontuação: 03D. 00pts. 
MdV: -63,5

09 Jéssica Astrid Fernandes "Lavando o chão..."
#Dash Rendar - YT-2400 
+ Push the Limit + Heavy Laser Cannon + Kanan Jarrus + Engine Upgrade + Outrider (58pts).
#Corran Horn - E-Wing 
+ Push the Limit + Fire-Control System + R2 Astromech (41pts).

Total da Lista: 99 pontos
Pontuação: 01V/01D. 01pt. 
MdV: 114

10 Pedro Vítor. "Pela frente. Por trás. E pelos lados..."
#Tycho Celchu - A-Wing Push the Limit + Chardaan Refit + A-Wing Test Pilot + Rage (28pts)
#Keyan Farlander - B-Wing 
+ Push the Limit + Fire-Control System (34pts)

#Norra Wexley - Arc-170 + Push the Limit + Kyle Katarn + BB-8 + Alliance Overhaul (37pts).
Total da Lista: 99 pontos
Pontuação: 02D. 0 pts
MdV: -43


Partidas:

1ª Batalha (04/11/2016): Lucas vs Hugo
          Partida realizada no berçário. Thyago hipster como Juiz. Essa partida é a prova que xwing não é um jogo só de dados. Começamos nos lados opostos. Avancei cautelosamente atá conseguir ultrapassar as naves do Hugo. Explodi Vessery e Lambda perdendo os escudos e alguns hits no Boba e três escudos do Dengar. Manobrei corretamente até que quis dar uma de Rambo. Resultado, Boba sem Arco e finalizado pela Ryad. Não satisfeito fiz uma besteira ao me aproximar na 3 da Ryad, confiando nos dados. Hit, Hit e Crit vs dois blanks e foco. Crit que entrou me deixou com pilotagem 0. Após alguns bloqueios pra tentar segurar uns pontos pro Dengar, Hugo manobrou bem e finalizou-o. Fumo nos meus couros. Costas fumegando.
Final: Hugo 100-65.

2ª Batalha (04/11/2016): Hugo vs Astrid.
         Nesse enfrentamento os dois jogadores foram pra cima. Astrid tentou derrubar a Lambda e conseguiu, mas danificou seriamente suas duas naves e foi finalizada em seguida. Mais uma grande destruição no Berçário. Lucas de juiz.
Final: Hugo 100-29.

3ª Batalha (04/11/2016): Lucas vs Astrid
        Partida tensa e complicadíssima. Fizemos o deploy em lados opostos e movimentei mais agressivamente as naves tentando derrubar logo o Corran. Não consegui até ele dizimar os escudos e acertar o casco da Firespray e o Dash tirando três escudos do Dengar. Resultado dessa minha escolha: minhas duas naves distantes e o Dash no meio, com escudos completos. Afastei as minhas naves pros cantos da área de jogo e decidi oferecer o Boba pro Dengar tentar se aproximar. Deu certo, perdi o Boba, mas consegui dois ataques posteriores no alcance 1 do Dash. Deixando-o com quatro de casco. Nosso próximo enfrentamento ocorreu no alcance dois, deixei o Dash com dois de casco e ele me deixou com dois tb. Aí me posicionei pra tentar finalizar no alcance 2 ou 3 e rezar, mas a Astrid adivinhou erradamente minha movimentação e acabei na um do Dash, finalizando-o. Ufa. Quase demais. Disputa realizada no Berçário com Hugo de juiz.
Final Lucas 100-72.

4ª Batalha (07/11/2016): Lucas vs Anne
          Jogar contra a Anne sempre é complicado. Ela manobra e adivinha muito bem o que faremos e já jogou várias vezes com essa lista. Fizemos o deploy em lados opostos e fiquei com a iniciativa. Avancei devagar e ela rápido. Consegui ultrapassar com meu Dengar, que não foi atacado a partida inteira, sempre fora dos arcos. mas os ataques das Awings e da VCX Danificaram o Boba, tirando dois escudos. Ao passo que Boba e Dengar tiraram os escudos de Jake e deixaram-no com um de vida. próxima manobra seria decisiva. Fiz um três suave que colidiu com a VCX e colocou Jake no arco traseiro na um. Tycho colidiu com Boba também. Dengar mirou no Tycho, que ficou sem escudos e Boba explodiu Jake. Na outra rodada Boba e Dengar explodiram Tycho, sobrando uma VCX completa contra um Dengar completo e um Boba sem escudos. Após, fui minando cuidadosamente a VCX com o Dengar e manobrando o Boba pra ele sobreviver. Quatro rodadas depois consegui finalizar a VCX e Boba escapou com um de casco ainda. Foi no Berça com Bruno P de juiz.
Final: Lucas100-22

5ª Batalha (07/11/2016): Anne vs Astrid
         Aqui foi uma batalha extremamente tensa e cuidadosa. de movimentos suaves das naves. Começaram em lados opostos e foram se aproximando cautelosamente, mas Anne cometeu dois erros que não costuma mesmo cometer, Aterrisou a VCX duas vezes seguidas nos asteróides e foi destruída sem nem atacar. Aí as awings concentraram fogo na E-wing, que sobreviveu com um de casco. Nenhuma outra nave foi destruída. Berçário e Lucas de juiz.
Final: Astrid 42-0.

6ª Batalha (21/11/2016): Hugo vs Anne.
         Batalha realizada no Berçário. Lucas como juiz. Batalha sangrenta e cheia de reviravoltas. o confronto foi franco, mas a Anne não foi capaz de atacar muitas vezes com a sua VCX o que decidiu a partida.
Final: Hugo 73-49,5

7ª Batalha (11/12/2016): Hugo vs PV.
         Confronto ocorreu na casa do PV. Lucas como juiz. As naves se deslocaram cautelosamente e em lados opostos da área de jogo. Quando ocorreu o confronto as naves do Hugo despedaçaram o Keyan em uma rodada e o PV não conseguiu causar muitos danos. Isso decidiu a partida. Com muito ódio e sede de vingança, PV ainda conseguiu explodir a Lambda espalhando pelo espaço os restos do Imperador. Na rodada seguinte sua última nave também explodiu. 
Final: Hugo 100-29

8ª Batalha (13/12/2016): Lucas vs PV.

         Mais um embate realizado no Berçário. Grilo Falante como juiz. PV colocou o Keyan em um canto e as outras naves no outro canto, um pouco para o meio. Eu coloquei Boba e Dengar voltados diretamente para o Keyan e me desloquei em sua direção o mais rápido possível. Na Segunda rodada Dengar o ultrapassou e tirou um escudo. Boba e Keyan se encararam no alcance 3 e não causaram danos um no outro. Na rodada seguinte Dengar começou a dar um volta num obstáculo saindo de todos os arcos e deixou só um escudo no Keyan. Boba ficou apenas no arco do Tycho e escapou dos seus ataques. Rodada seguinte Boba fugiu e Dengar foi pra cima da Norra tirando três escudos. Mas começou a levar danos e perdeu dois escudos. Em seguida, Boba começou a retornar e Dengar tentou ultrapassar Norra e Keyan, mas só escapou da piloto. Deixou-a com um de casco e pegou mais três hits. na movimentação seguinte Norra ficou em cima de um asteroide e com manobras rápidas Boba e Dengar ficaram no alcance um do Keyan e Norra, respectivamente, mas fora dos arcos. O ataque funcionou e as duas naves foram destruídas, sobrando apenas a a-wing. Após, tivemos várias sequências de movimentações, com a a-wing recebendo cinco ataques com três e quatro hits e perdendo apenas dois escudos e tirando dois escudos do Boba. Ao final, faltando menos de 10 minutos, Tycho finalmente explodiu em um ataque no alcance 3 do Boba. Foram 3 hits, e na defesa a A-wing rolou três vazios e um foco, mas como só tinha um token de evade, foi obliterada.
Final: Lucas 100-28


DEATH SQUADRON
11 Ravena Pacceli Jr. [CLASSIFICADA 2ª] "Imperador palpatcholes descendo o Fel..."
#Rear Admiral Chiraneau - Decimator + Predator + Emperor Palpatine + Ysanne Isard + Engine Upgrade (65pts)
#Soontir Fel - Tie Interceptor + Push the Limit + Autothrusters + Royal Guard TIE + Stealth Device (35pts).
Total da Lista: 100 pontos
Pontuação: 02V/1D. 02pts. 
MdV: 59.


12 Bruno Giordano [CLASSIFICADO 1°] "Leebomberanda!!!..."
#Leebo - YT-2400 + Push the Limit + Heavy Laser Cannon + Kanan Jarrus + Engine Upgrade + Outrider (56pts).
#Miranda Doni - K-Wing 

+ Twin Laser Turret + Sabine Wren + Proximity Mines + Seismic Charges + Advanced SLAM
(44pts).
Total da Lista: 100 pontos
Pontuação: 03V. 03pts. 
MdV: 344 


13 Cláudio Torcato. "Ión, íon, seu burro!!!..."
#Kath Scarlet - Firespray + Veteran Instincts + Heavy Laser Cannon + K4 Security Droid  (49pts).
#Syndicate Thug - Y-Wing + Ion Cannon Turret + R4 Agromech + BTL-A4 Y-Wing (25pts)

#Syndicate Thug - Y-Wing + Ion Cannon Turret + R4 Agromech (25pts)
Total da Lista: 99 pontos
Pontuação: 02D/01V. 01pt. 
MdV: 60


14 Emanuel. "Mimimibots!!!"
#IG-88C - Agressor + Push the Limit + Advanced Sensors + Mangler Cannon + Seismic Charges + Autothrusters + IG-2000 (50pts)
#IG-88B - Agressor + Push the Limit + Advanced Sensors + Mangler Cannon + Seismic Charges + Autothrusters + IG-2000 (50pts)
Total da Lista: 100 pontos
Pontuação: 3D 
MdV: -33

1ª Batalha (08/11/2016): Cláudio vs Bruno G
          Embate realizado no apê dos Zombicide. Os juízes foram a esperança e a igualdade entre os povos. Fizeram o deploy em lados opostos e se aproximaram com cuidado. Após atravessarem sobreviveu uma Kath bem ferida e  uma ywing com BTL contra um Dash machucado e uma Miranda completa. Alguma rodadas depoi, Kath e Dash se mataram e miranda encostou atrás da ywing com BTL, destruindo-a.
Final 100-56 Bruno G.

2ª Batalha (12/11/2016): Cláudio vs Emanuel
           Mais um confronto na Arcádia. Juiz: Ícaro.Cláudio estava pesaroso no pré-batalha. Iria enfrentar um jogador mais experiente, ganhador do primeiro campeonato de nosso grupo. E, pior, ele só usa duas agressors. Após dar um pesquisada on-line, traçou seu plano de jogo e como um bom enxadrista, seguiu à risca. Fizeram o deploy em lados opostos. Asteroides formando um bom escudo no lado do Cláudio, que moveu sua lista bem devagar. Emanuel decidiu acelerar o passo e foi enfrentá-lo nessa armadilha, destemidamente. Cláudio, então, espalhou suas naves de forma que pudessem focar uma das IGs e ao mesmo tempo as duas IGs não poderiam atacar a mesma nave. E isso ganhou o jogo. Após várias trocas de disparos e umas duas roladas de ataque horríveis do Emanuel quando finalmente focou a Kath com as duas naves, Cláudio emergiu vencedor, despachando as duas agressors e perdendo só a ywing sem título e metade da Kath.
Final 100-49,5 Cláudio.

3ª Batalha (21/11/2016): Cláudio vs Ravena
         Batalha realizada no Berçário. Lucas como juiz. Jogadores fizeram o deploy em cantos opostos, Ravena partiu mais ofensivamente em direção aos inimigos com a Decimator enquanto o Fel partiu mais indiretamente. Cláudio ficou indeciso em relação a qual nave atacar e não conseguiu colocar uma nave inimiga ao alcance dos seus três arcos e isso complicou sua partida. Kath partiu para o enfrentamento com a Decimator e apesar de conseguir causar muitos danos foi destruída antes de finalizá-la, incapaz de resistir aos ataques das duas naves inimigas. As ywings tentavam mas não conseguiam causar danos no Fel e com a perda da FS, a partida ficou decidida. Cláudio ficou só com uma ywing e leveu metade da Deci.
Final 74-32,5 Ravena.

4ª Batalha (21/11/2016): Emanuel vs Ravena

        Batalha realizada no Berçário. Lucas como juiz. Partida semelhante a anterior. Ravena usando a interceptor de isca e só atacando quando dava enquanto a Decimator fumegava as outras naves. Foi bem disputada, mas nessa batalha de atrito, terminou com uma IG destruída e só metade de uma Decimator em troca. Ravena mostrando que está voando muitíssimo bem.
Final 50-32,5 Ravena.


5ª Batalha (Arcádia, 17/12/2016, Juiz: Ícaro): Bruno G vs Ravena.
          Ravena separou demais suas naves no setup e o Bruno G aproveitou-se disso e partiu pra cima do Fel, derrubando-o logo. A decimator não foi capaz de sustentar o confronto sozinha e foi destruída, conseguindo apenas tirar alguns escudos das duas naves adversárias.
Final 100-0 Bruno G.

6ª Batalha (Arcádia, 17/12/2016, Juiz: Ícaro): Bruno G vs Emanuel.

          As naves começaram se estudando bem, mas logo Emanuel tentou ser mais agressivo. Utilizando um excelente bloqueio com o Leebo, Bruno G conseguiu jogar uma IG quase completa fora do tabuleiro. A IG que sobreviveu não foi capaz de continuar nessa condição por muito tempo e foi destruída. Novamente, as naves do Bruno resistiram sem muitos danos.
Final 100-0 Bruno G.
         

SITH SQUADRON


15 Ramon [CLASSIFICADO 2°] "Vim pra bater!..."
#IG-88D - Agressor + Calculation + Advanced Sensors + Flechette Cannon + Inertial Dampners (40pts)
#Serissu - M3A Heavy Scyk Interceptor + Mangler Cannon (26pts)
#Guri - Starviper +Virago + Accuracy Corrector (34pts).
Total da Lista: 100 pontos
Pontuação: 1V/1D. 1pt.
MdV: 30,5


16 Caio "Pew pew é pew pew, pneu é pneu!!!!..."
#Blue Squadron Novice - T-70 Xwing (24pts)
#Luke Skywalker - X-wing + Veteran Instincts (29pts)
#Han Solo - YT-1300 + Millennium Falcon(evade) (47pts)
Total da Lista: 100 pontos
Pontuação: 02D. 00pts. 
MdV: 60,5


17 Pablo Ribeiro [CLASSIFICADO 1°] "Se de dia rola laser, pela noite rola..."
#Horton Salm - Y-Wing + Ion Cannon Turret + BTL-A4 Y-Wing (30pts)
#Ten Numb - B-Wing + Calculation + Fire-Control System (34pts)
#Poe Dameron - T-70 X-wing + Push the Limit + BB-8 (36pts)
Total da Lista: 100 pontos
Pontuação: 2V. 02 pts. 
MdV: 230



1ª Batalha (17/11/2016): Pablo Ribeiro vs Ramon
        Combate realizado na Arcádia sob a supervisão de Ícaro.Ramon e Pablo se enfrentaram numa partida sangrenta. Mas os deuses dos dados verdes se comportaram corretamente dessa vez e Poe one shoted a Serissu no alcance 3 ele causando um hit e dois crit e a Serissu zerando os verdes, e, claro que saiu um direct hit. A partir daí, Ramon não se recuperou mais e o fumo entrou por completo.
Final 100-0 Pablo Ribeiro.

2ª Batalha (18/11/2016): Pablo Ribeiro vs Caio
          Pau quebrando novamente na Arcádia. Ícaro, o nosso juiz favorito. no setup, os adversários colocaram sua naves diretamente direcionadas às inimigas. E partiram pra frente com a faca nos dentes. Após duas rodadas de confronto bem pesado, Poe ficou seriamente danificado e Caio perdeu Luke e a sua T70. Sobrando um Han Solo com ânsia de vingança contra as três naves. Na rodada seguinte os deuses dos dados não permitiram que o Caio finalizasse o Poe, o que futuramente lhe causou sua derrota, pois recebeu os danos do Poe. Nas rodadas seguintes deu-se uma perseguição, as naves do Pablo seguindo a traseira do Han e este tentando se posicionar de forma mais interessante. Han abateu o Poe e o Ten Nunb, mas caiu frente ao Horton. Batalha excelente!
Final 100-70 Pablo Ribeiro.

3ª Batalha (19/11/2016): Ramon vs Caio
          Lasers destruindo todos na Arcádia. Bruno P como juiz. No setup, apontaram logo as naves umas para as outras, e iniciaram uma batalha franca. Após 03 rodadas de pew pew pew, Serissu e Luke explodiram e Novice e Guri danificados. Han e IG inteiros. Na outra rodada, a T70 explode e sobra uma MF contra Guri e IG. Duas rodadas depois, MF já sem escudos e com crit e IG sem dois escudos. Guri asteroidou. E terminou desse modo. Metade da MF e Guri e metada de IG.
Final 76,5-46 Ramon.
          

QUARTAS DE FINAL

Lucas vs Thyago (19/12/16, Berçário, David como juiz)
          Partida que fiquei com medo, muito medo. Primeiro porque o Thyagão é nosso melhor piloto. Segundo, temos a Whisper. Minha lista, em tese, fica um pouco na vantagem pq ataca antes da Whisper, só que basta um azar meu nos dados e ela atira umas três vezes. Aí é receita pro fumo. Bem, fizemos os setup em lados opostos na área de jogo.

Final da primeira rodada. Fiz quatro pra
frente e boost pra frente com as duas naves.


Thyago esperava que eu entrasse na direção dele, só que preferi contornar
o obstáculo. Dessa posição Dengar tava com TL no Colzet e estressado.
Nesse ataque tirei dois escudos de Colzet. Mas fiquei numa posição ruim.
Após essa rodada, fiz um fechado com o Dengar e boba começou a ser metralhado. Daí até o final, a Whisper não largou mais o osso. Eu passei a me movimentar bem com o Dengar e distribuir o dano.


Aqui, foram três rodadas após a foto anterior, Boba já tava
sem escudos. Whisper perdeu um escudo e Defender sem
escudos também. Dengar, pela foto nota-se bem,
colou atrás do Colzet evitando os arcos e o finalizou.




Rodada seguinte, a Defender ficou com um de casco e
Boba levou mais dois danos, ficando com três de
casco. Whusper ilesa nessa rodada.
Após essa rodada nos movimentamos bem e na última rodada de jogo fiquei com o Boba com um de casco no alcance 03 com um TL em Vessery e Dengar com foco e TL no alcance dois de um Whisper que tava no alcance dois do Boba com TL nele. Primeiro Boba atacou conseguiu dois hits e defender rolou blank, blank, foco e evade, explodindo. Depois Dengar atacou e conseguiu crit, crit e hit com a Whisper rolando evade e foco, destruindo-a. Whisper então fulminou Boba com hit, hit, crit e crit, Boba rolando blank e foco. E assim a partida terminou. Boba destruído, mas Dengar perdendo apenas um escudo. 
Pontos altos: 

  • excelentes roladas de dados verdes pro meu lado, Dengar era pra ter levado uns três a cinco danos a mais, esquivou cinco vezes na partida. Boba então, conseguiu esquivar catorze vezes, contando os quatro marcadores de evade ao longo do jogo, inclusive, rolou três evades duas vezes.
  • Movimentação da Whisper foi perfeita.
  • A boa e velha dança dos arcos do Dengar.
  • O fairplay e fly casual da partida, que preponderou ao longo dela. Thyago, você é um gentleman.
Final 100-43 Lucas.


David vs Pablo Ribeiro  (23/12/16, Arcádia, Ícaro como juiz)
          Um combate onde a experiência falou mais alto. David congestionou o meio de asteroides colocando uma linha no meio, entre duas janelas. Fez o deploy pelo meio com as três naves e deixou a Guri um pouco mais pela esquerda dele. pablo alinhou as suas naves em formação pela direita do David. As duas listas foram pra frente com o David acelerando a Guri pra tentar um flanqueamento e o Pablo adiantando o Poe com um boost. Depois, David avançou devagar protegendo suas naves com um asteroide e virando a Guri para tentar alcançar o alcance 3 das naves inimigas. pablo também veio devagar e Poe ficou no range 2 de todo mundo com Ten Numb e Horton no alcance 3, sem Ion pro Horton. Os ataques do Pablo, devido ao alcance e asteroide não conseguiram arrancar nenhum escudo dos inimigos. Ten Numb levou seis hits no retorno. Depois desse confronto o mundo desabou pro Pablo. David fez um show de bloqueios e Pablo para tentar furá-los fez um 4k com o Horton que acabou por deixá-lo em cima do obstáculo e Ten Numb sem arco pra ninguém. Poe atacou o Xizor e mesmo usando sua habilidade, Xizor pegou um crit de não fazer ações. No retorno, bwing é destruída e Horton toma cinco hits. As rodadas seguintes foram só pra terminar o serviço. Horton acabou bloqueado e destruído nessa rodada. E nas três rodadas seguintes Poe explodiu mas levou Xizor e uma z95 com ele.
Final 100-53 David.

Bruno G vs Ramon 26/12/17 (Berçário, Lucas como juiz)
          Bruno G e Ramon fizeram deploy em lados opostos. E Bruno G efetuou a tática mais clássica de sua lista. Ficou atraindo as naves do Ramon pro alcance 3 da YT e sem arco pra Miranda, fuzilando-as. Acabou que Ramon não conseguiu muita efetividade nesse confronto e Bruno G destruiu logo as naves inimigas.
Final 100-0 Bruno G.

Hugo vs Ravena (27/12/16, Arcádia, Ícaro como juiz.)
          Outra partida onde a experiência preponderou. Ravena e Hugo posicionaram-se em lados opostos. Ravena foi pra cima tentando flanquear com suas naves. Hugo fintou que ia na Deci e foi pro Soontir, destruindo logo essa ameaça. Depois ficou atraindo a Decimator pro range das suas naves e acabou explodindo-a também. o combate foi franco mas com seus dados vermelhos e verdes tinindo Hugo conseguiu explodir todas as naves sem sofrer grandes danos.
Final 100-0 Hugo.


SEMIFINAIS

Lucas vs Bruno G (28/12/17, Berçário, consciência como juíza.)
Eu sabia que o Bruno G iria tentar me atrair pra zona da morte da YT então começamos cautelosos.
Rodada 2. Sem ataques.
Rodada 3. Sem ataques.

Rodada 4. Sem ataques.

Rodada 5. Sem ataques
Rodada 6. Aqui nessa posição, persegui que conseguiria pegá-lo logo. Leebo atacou Boba que conseguiu se esquivar.
Rodada 7. Aproximei o Boba e levei um ataque de canháo tomando três hits por conta disso.
Colarei nele e aproximarei o Dengar da Miranda.

100-0 Pablo.
Rodada 8. Boba na um começando os serviços no Leebo, arrancando dois escudos.
Dengar na Miranda, levando dois escudos. Miranda no Boba levando mais um escudo.

Rodada 9. Dengar na Miranda, arrancando três escudos. Boba no Leebo, limpando os escudos do mesmo.
Miranda no Dengar, sem danos e na devolução perdeu mais um escudo e um casco.
Rodada 10. Dengar explodiu Miranda no range 1. Boba não causou danos ao Leebo.
Leebo deixou Boba com quatro de casco.
Rodada 11. Leebo bloqueou Dengar. Boba meteu mais dois hits, deixando-o com três de casco.
Boba tira dois cascos de Leebo e Dengar o finaliza.
Final 100-21,5 Lucas.